terça-feira, 24 de abril de 2012

por amor


então, ele segurou a minha mão, e assim ficamos...

seguros um do outro.



ele estava lá, seguro de ter minha mão (e não só) e eu estava segura de ser sua.



o daniel perguntou o que eu quis dizer com avencas há um ano atrás, e eu digo agora que significa o amor.

porque uma avenca pode ou não crescer. pode ou não ultrapassar o muro.

e o daniel derrubou todas as paredes do meu coração, arrebentou todas as janelas... ele cresceu... cresceu mais do que eu esperava, insuspeitado. o daniel ultrapassou um muro que nunca existiu para ele.



e vieram as ligações, os encontros, as declarações... e logo eu estava ali... com passagem aberta pra subir pro apartamento. e logo eu estava ali... ocupando uma gaveta de seu quarto... logo ocupei seu coração também.



que depois de breves 12 meses, eu estou lá: grudada na sua parede (e não só), ocupando um espaço maior do que uma gaveta, e com a cópia da sua chave.

isso é quando o amor acontece... que a gente gosta tanto duma pessoa, que ela é tão parte da nossa vida... e que parte pertence à ela também.



e eu estava lá, do jeito que sempre fui, com uma pitada a mais de amor, no meu lugar favorito, para confirmar o que sempre foi desde o começo: amor.

e eu não poderia estar mais feliz, vendo nosso amor tão compartilhado com os nossos favoritos. e quem era pra estar lá, estava, inteiros, acreditando ou não, mas testemunharam.



e depois de tudo, quando eu fechei meus olhos, só conseguia guardar aquelas palavras, de tanto amor, que eu nem esperava que fossem ser ditas.



e depois de tudo, eu estava ali, ao seu lado. dormindo cansada, mas amada.





o daniel fez daquele noite, uma noite simplesmente mágica pra mim, pois eu senti um amor maior do mundo, que nem cabia em mim de tanta felicidade.



eu só poderia dar meu melhor sorriso pra ele e oferecer todo meu amor e companheirismo... porque é assim que somos... dispostos e disponíveis a tudo que nos acomete. é assim que somos: juntos.

e que sejamos feitos de amor. porque isso é o melhor que eu tenho e é o melhor que ele dá.



eu estou noiva, com alegria no corpo, por ser assim... desse nosso jeito, bem bagunçado, divertido, surrado, porque a gente é assim, e isso não é tão ruim.





e daniel....avencas crescem.

4 comentários:

  1. Parabéns por esse mais belo amor.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Que lindo! Muitas e muitas felicidades pra vcs! Hoje e sempre.

    ResponderExcluir
  3. É um amor tão lindo esse de vocês dois...

    ResponderExcluir